Geração Y na Igreja

Jovens plenamente conectados ao mundo virtual incentivam criação de novos meios para apresentar a palavra de Deus

A Igreja Católica encontra um novo desafio: evangelizar a Geração Y, que são os atuais jovens, plenamente conectados no mundo internético e com nova linguagem labial e corporal.Há cerca de um ano, lideranças da igreja, paróquias e dioceses começaram a utilizar de redes de relacionamento na internet, como Twitter, Orkut, Facebook, MSN, Youtube e até Flicker. Tudo com o objetivo de chegar até esses novos jovens com mensagens de Deus.

"A internet é uma excelente ferramenta. Mal usada é danosa, mas bem usada é um novo campo", afirmou o padre Lucas Rosa da Silva, assessor da Pastoral Vocacional de São José.


A CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) realizou, na última terça-feira, em Indaiatuba, o 3º Congresso Vocacional do Brasil. Neste ano, entre os temas discutidos, foi abordada a Geração Y. (leia texto)

"Não existe uma importância de atingir esses jovens. O que existe é a necessidade urgente. Precisamos cada vez mais como Igreja escutar este jovem e de uma maneira atual e jovial propor nosso conteúdo que tem uma causa e um sentido que perpassa a humanidade em todos os tempos", afirmou Adriano Gonçalves, membro da comunidade Canção Nova.

Segundo o padre Lucas, existem três principais pontos para a evangelização desse novo público: a linguagem para saber falar com eles, o 'ser presença', compartilhando valores de forma com que eles entendam e usar de forma positiva as ferramentas da internet.
Este meio está sendo cada vez mais utilizado pela Igreja. As outras tarefas que serão implantadas aos poucos.



"É de extrema necessidade mostrar ao jovem Y que o sentido da vida está no Cristo", ressaltou Gonçalves.Jovens. Para o jovem atual, a presença da Igreja nos meios tecnológicos é essencial para a evangelização.


O militar Antônio Henrique Gomes dos Santos, de 20 anos, é católico participante assíduo da religião e acredita que a internet traz muitos resultados positivos para a Igreja, atraindo novos membros.

"A maior fonte que tem pra evangelizar os jovens é mesmo a internet, para que se sintam mais chamados", disse.

O amigo André Luiz Silva, 21 anos, também militar, concorda com Santos, mas contou que há casos de preconceito no universo da internet com quem prega a Deus pelas redes de relacionamento.


"Tem algumas pessoas que vêm debater religiões, e esquecem da essência do amor a Deus. Existem confrontos, mas são momentâneos", disse Silva.Geração Y.

Quem sãoJovens atuais, plenamente conectados, onde a vida digital tem aspecto muito forte, e as novas tribos que estão surgindo Como evangelizar- Linguagem que permita apresentar os valores conforme a Geração Y

- Estar presente na vida dos jovens
- Utilizar redes de relacionamento da internet


É importante que os meios de comunicação divulguem que existem movimentos e pastorais que evangelizam os jovens pela Internet.Através das redes sociais, já temos casos de pessoas que se sentiram chamadas para servir a Deus em alguma forma. Nós da Pastoral da Crisma fomos também pioneiros em utilizar essa ferramenta de comunicação, pois a " Geração Y" sempre está conectada, e quando encontra um conteúdo de evangelização, começa a procurar mais coisas positivas do que negativas na Rede.

Somos parte dessa Geração que deseja de todas as formas revolucionar a vida de nossos jovens , para que eles possam viver melhor, com muito amor e fé no coração sempre conectados á Cristo.
Betto Andrade - Catequista/ Jornalista - Pastoral da Crisma PSBento

Fonte: ovale.com.br