Não é possível ser cristão e não ser perseguido


Assim como Jesus sofreu perseguições, também aqueles que o seguem sofrerão. Ele próprio disse: “O discípulo não está acima do seu mestre...” (Mt 10,24a).



 O discípulo acabará vivendo aquilo que o mestre viveu. Se trataram assim a Jesus, o que não farão conosco? Jesus deixa bem claro: “Se alguém quer vir em meu seguimento, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me” (Mc 8,34b). Aí está nosso adestramento. O Senhor não tem receio de fazer-nos passar pela provação. Ele sabe que precisamos ser provados. É a única maneira de criarmos têmpera e nos tornarmos os valentes guerreiros de que o Senhor precisa. Não estranhe: seus combatentes passam por muitas tribulações. Eles são testados no fogo da provação. Não é possível ser cristão e não ser perseguido. Quem não passa, como Jesus, por perseguições, controvérsias e tribulações de todo tipo é porque não vive um autêntico cristianismo. Deus abençoe você! Monsenhor Jonas AbibFundador da Comunidade Canção Nova (Trecho do livro "Combatentes na Provação" de monsenhor Jonas Abib) 
Fonte: Canção Nova