Dependendo das atitudes, pais podem atrapalhar os filhos na busca por estágio

Segundo pesquisa, pais que se intrometem na relação do filho com o empregador podem passar a imagem de que jovem é imaturo
Os pais querem sempre auxiliar os filhos na busca por emprego. Contudo, dependendo das atitudes, os pais podem atrapalhar os jovens a conseguirem uma colocação.

De acordo com levantamento realizado pela Office Team, empresa especializada em recrutamento de profissionais, pais que se intrometem na relação do filho com o empregador podem passar a imagem de que o jovem é imaturo e pouco independente, atrapalhando as chances do filho de conseguir um emprego.

Em pesquisa feita pela empresa com 1.300 gerentes de mais de 20 companhias nos Estados Unidos e no Canadá, a Office Team ouviu relatos de pais que procuravam a empresa para saber como o filho se saiu na entrevista, para saber o motivo da não contratação e até de pais que queriam acompanhar o jovem no processo seletivo.

Como ajudar?

Para os pais que querem ajudar os filhos a se darem bem na busca por um emprego, seguem as seguintes dicas:
  • Aproveite o networking: o networking ainda é a melhor maneira de se conseguir um emprego. Assim, os pais podem pedir a colegas que façam a ponte entre o seu filho e o empregador ou para avisá-los sobre uma eventual oportunidade na área do rebento. 
  • Segunda olhada: o currículo, bem como uma carta de apresentação, são as primeiras informações que o empregador tem de um candidato. Dessa forma, os pais podem dar uma segunda olhada nestes itens para melhorá-los. 
  • Dê uma força: os pais devem sempre encorajar os filhos, podendo, inclusive, fazer o papel de um entrevistador para treinar com o filho as questões mais comuns abordadas durante uma entrevista.
Fonte : administradores.com.br