Alegria de ser dizimista

No início de uma maneira muito tímida eu me questionei se estava fazendo a coisa certa, mas acolhi as palavras do Evangelho e resolvi fazer a experiência e tornei-me dizimista em minha Paróquia.

Mais tarde comecei a perceber como Deus é bom, com que carinho Ele cuida de mim e da minha família.
Saber que tudo que está ao nosso redor foi criado por Deus, que seu imenso amor nos é dado de graça, que não precisamos devolver nada e que a única coisa que Ele espera de nós é que amemos os nossos irmãos, me fez sentir um pouco mais responsável pela nossa igreja.
Partilhar os bens com alegria é viver em plena harmonia com a comunidade, entendendo suas dificuldades e desafios, mas ao mesmo tempo compartilhando das alegrias e conquistas.
Hoje eu sei que o dízimo partilhado em minha Paróquia não fica restrito apenas aos trabalhos realizados na comunidade, ele vai muito além. O Dízimo contribui na manutenção do templo (Dimensão Religiosa), na propagação do Reino de Deus e na formação de novos pastores, (Dimensão Missionária) além do acolhimento e ajuda aos mais necessitados (Dimensão Social).
Enfim, a alegria de partilhar o meu Dízimo faz com que eu me sinta vivo, que eu me sinta um cristão de verdade, trilhando o caminho que foi traçado por Deus. As graças recebidas, o amor aos irmãos e a certeza de que estamos vivendo um amor fraterno me dá a certeza de que fiz a escolha certa ao tornar-me dizimista.
Venha você também sentir esta alegria, aceite o convite e faça a experiência de ser dizimista.
Confira AQUI o vídeo explicativo sobre o Dízimo.
 José Carlos Israel de Souza
Coordenador da Pastoral do Dízimo
Diocese de São José dos Campos
Sub-região Aparecida