Unidos em um mesmo louvor

“Recebei o Espírito Santo” (Jo 20,22b). Assim como a terra seca não pode, sem água, tornar-se um terreno fértil e produzir frutos,
nós também, que somos muitos, não poderíamos transformar-nos num só corpo, em Cristo Jesus, sem a água que vem do Céu. Trazemos dentro de nós a necessidade de estarmos juntos, de buscarmos ideais que muitas das vezes sozinhos não os alcançaríamos. Apesar de percebermos uma sociedade fechada em si mesma, acreditamos que a melhor forma de viver é em Comunidade, pois diferente da Torre de Babel, onde não conseguiam se comunicar e trabalhar juntos, a vinda do Espírito Santo nos faz compreender a mensagem do Pai que é transmitida em uma mesma linguagem para todos.
A oração é um impulso do coração que não conhece distância. Eis que percebemos esta realidade concreta quando ansiosos aguardamos a Jornada Mundial da Juventude. Reunir ao redor de nosso Bom Pastor para acolher a sua mensagem e presenciarmos o testemunho de tantos outros jovens que buscam uma vida santa. Não estamos sós. Isto é ser Igreja: viver Pentecostes! Somos fracos, limitados e temos necessidade do orvalho da graça de Deus para darmos frutos e não sermos lançados ao fogo, e para que tenhamos também um Defensor diante do acusador.
Não nos limitemos em pedir, em suplicar a ação deste Doce Hóspede da Alma, não tem muito segredo, peça: Vem Espírito Santo! Em cada amanhecer, em cada novo dia, em tudo que formos fazer peçamos a Virgem Maria, Esposa Fiel, que nos conceda em abundância, ao ponto de nossos corações se tornarem um rio de água viva, para que transborde naqueles em que Deus coloca ao nosso lado,. A nossa busca pela santidade se concretizará pela Intimidade com o Santificador. Ele sempre virá em nosso auxílio e limpará o coração impuro e dará Vida Nova para sermos Morada Santa. “Leva-nos além, fazer tua vontade é nosso querer”.
Tamujuntos galera
“Coração ao alto.”